quarta-feira, 14 de setembro de 2011


***   Do Nascente ao Poente ***


Fátima Mello(fofinha)

Do nascente ao poente,
o sol tem sempre uma jornada a cumprir...
Assim é nossa vida,
do nascer ao morrer,
também temos metas a cumprir.
Ora brilhante,
ora ofuscado por nuvens carregadas.
Mas sempre achando uma brecha para,
entre as nuvens brilhar. 

Mulher

Que gerou o filho
Que sorriu que chorou
Mas sua lagrima nunca mostrou
Amamentou e educou
Que amou que sofreu
Mas calada se conformou,
Da vida sorveu a doucura
Sentiu o amargor.
E ainda a mesma mulher
Que a vida nem viu passar,
Que amanhaceu sorrindo
Mas deitou chorando,
Sem saber de onde tirar o sutento
Mesmo sorrindo ou chorando
Continuou firme e nao se deixou derrubar
Com todas transformacoes
Continua ainda a ser:
A mesma MULHER

 
 
O que é realmente amar??
Entrega?
Doação?
Carinho?
Emoção?
Amar são todas essas palavras
unidas em uma entrega total
são sentimentos vividos ...
amamos a todo instante
A vida. ..
Filhos...
As flores...
Os mais sábios amam a si mesmo
sem serem narcisistas,
Pois para sermos amados,
precisamos antes de tudo
e acima de tudo amar a nos mesmos,
Só assim estaremos abertos
e entregue a todo tipo de amor.
Amar, é muito mais que dizer te amo!
é dizer te amo com o corpo inteiro,
com todos sentidos...
amar sem limites de pudor...
Amar, é saber que se é amado....
É respeito
Deixando fluir o que vai n'alma,
Amar é ter você sempre comigo,
Dizendo: Te amo, Te quero...
Vem comigo!
********


Nós somos o milagre
de todas nossas realizações,
de todas nossas conquistas,
e de todas nossas frustrações,
 mas para as coisas  acontecerem,
teremos que querer sem duvidar
 desse nosso poder,
que elas logo virão,
somos a verdade e a mentira,
Somos o sim e o não,
para aqueles que acreditam
as coisas acontecem muito mais rápido
do que para aqueles que duvidam
de sua força de realização...
Pois as coisas acontecerão
mesmo sem o domínio de seu querer.
FAÇA SEU SONHO SE REALIZAR
ACREDITE EM VOCÊ!


Acordar

Fatima Mello

 

Ao acordar olhei-me no espelho
Nele vi refletido todos os sonhos
Que não alcancei...não vivi...
Sonhei voar em busca do infinito
Ousei encontrar uma paz mais perfeita
Mas sonhos... que são sonhos?
Reflexos do querer?
Almejar aquilo que não conquistamos
Há sonhos!
Sonhar e recusar o real.
Como não SONHAR?
Não querer buscar o infinito
Como negar o sonho mais bonito...
Quero continuar sonhando,
Somente desta maneira continuarei viva.
Sentirei que sou autora dos ideais mais bonitos, e
Farei da minha vida um bem infinito.

*** Solidão***
Fatima Mello
embora a solidão por vezes bata à  porta,
mesmo assim não consegue entrar,
por poucos intantes  deixa abatida ,
mas logo a razão  faz voltar...
Solidão

por mais que a solidão queira ficar
a emoção se faz maior e a deixa de lado
fazendo no jogo do vida seu par...
solidão e amor
solidão e razão de não ser
momento sem ter
direito e querer...***


Poesia
FatimaMello[fofinha]

Poesia não se pensa
Surge como rajadas de vento
Sem que saibamos de onde
Nem para onde ela nos leva
Poesia surge do nada,
De um sentimento
Ou uma dor arraigada
Poesia não é pensada
Simplismente vem,
 Surge na cabeça de quem
 Tem a alegria de transcrever
Sentimentos, alegrias ou dor
Poesia não se pensa
Poesia se sente...






















Ocorreu um erro neste gadget