segunda-feira, 4 de junho de 2012

Felicidade

Fatima Mello - Fofinha

É algo que se decide por principio
Temos sempre duas escolhas
Ficar lamentando o que não temos
ou agradescer aquilo que conquistamos
Cada dia é um presente
A vida e como conta bancaria
você só pode retirar aquilo que depositou
ao longo de sua jornada
Deposite todo dia nesta conta
felicidade, harmonia , alegrias que  vivestes
E deixes o barco correr
Tua conta crescerá todo dia
Ria, procures todo dia aprender
curtas a simplicidade das coisas
Quando vires tua vida assim como tua conta
será farta destes predicados que tanto buscamos
Mas principalmete fiques vivo enquanto viver.

4 comentários:

  1. belíssimo poema parabens, abraços
    josimar santos viçosa- mg
    escritor e radialista visite meu blog- www.contosjosimarsantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Um poema encantador de quem aprendeu as duras lições da vida, estando poeticamente apta a expressá-las.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget