terça-feira, 27 de novembro de 2012

Noite
Fatima Mello


o silencio,
o mistério,
e a solidão da noite
inebria, seduz ...
fazendo com que sonhe em versos,
transportando os sonhos além
mito além do pensamento...
busca alegrias
busca esperanças
traduz sentimentos,
a noite se faz parceira
amante,
companheira,
na solidão dos versos,
as como um sopro de vento
ela surge majestosa imponente,
colocanto o pensar latente
em um coração presente
deixando derrmar no papel
sentimentos nunca antes decritos
vontades nunca antes sentidas
nas sombras da escuridão
deixo a vida e o sonho vagar
como se fosse ele mister
de todas vontades sentidas
Ocorreu um erro neste gadget