terça-feira, 5 de abril de 2011

ACORDAR

AcordarFatima Mello
(Fofinha/RS)
Ao acordar olhei-me no espelho
Nele vi refletido todos os sonhos
Que não alcancei...não vivi...
Sonhei voar em busca do infinito
Ousei encontrar uma paz mais perfeita
Mas sonhos... que são sonhos?
Reflexos do querer?
Almejar aquilo que não conquistamos
Há sonhos!
Sonhar e recusar o real.
Como não SONHAR?
Não querer buscar o infinito
Como negar o sonho mais bonito...
Quero continuar sonhando,
Somente desta maneira continuarei viva.
Sentirei que sou autora dos ideais mais bonitos, e
Farei da minha vida um bem infinito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget