terça-feira, 5 de abril de 2011

DESALINHO

Desalinho

Fatima Mello
No peito uma dor,
um coração em desalinho
na cabeça mudanças,
novas metas, novos caminhos
na lembrança um doce sonho
tudo passou tudo mudou
Ontem uma flor desabrochada
hoje uma flor inda botão...
Não existe lembranças
somente saudade
do ontem em repudio ao hoje...
A flor em busca do sol
De novas chuvas
novas luzes..
mas a escuridão
não deixa ver, sentir
Rebuliço de emoções...
fica gravado n'alma o ontem
O hoje é o que se tem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget