terça-feira, 5 de abril de 2011

NOITE

Noite
Fatima Mello


o silencio,
o mistério,
e a solidão da noite
inebria, seduz ...
fazendo com que  sonhe em versos,
transportando  os sonhos além
muito além do pensamento...
busca alegrias
busca esperanças
traduz sentimentos,
a noite se faz parceira
amante,
companheira,
na solidão dos versos,
mas como um sopro de vento
ela surge majestosa imponete,
colocanto o pensar latente.

Um comentário:

  1. Querida... Que lindo esse te cantinho! Parabéns e muito sucesso! Voltarei sempre que puder!
    Bjs em seu coração,
    Tânia Camargo

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget