sexta-feira, 27 de abril de 2012

Hoje não vou falar de amor
nem mesmo da dor que sinto 
não vou falar do quão importante tu és
nem da vontade de ficar ali quietinha
só escutando o bater de nossos corações

Hoje não vou falar da saudade
nem mesmo daquela vontade
de somente perto de ti ficar
debruçados na cama
traçando mil planos 

hoje não vou falar
só vou escrever
da saudade
do amor
da vontade

HOJE só quero rever 
todas a coisa que juntos traçamos
que muitas vezes brigamos
pra finalmente concretizar

hoje não vou falar de amor
somente escrever sem nexo
sem figuras de linguagem complexas
nem rimas rebuscada
hoje só vou escrever o trivial...
porque falar de amor
já se tornou banal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget