domingo, 22 de abril de 2012

Mel e Fel


"Desta vida ja vivi tudo
saboreei o mel
mas muitas vezes
senti o sabor amargo do fel.
Andei em nuvens ao sabor do vento
mas desci ao inferno em un instante.
Colhi rosas, sentindo seu suava aroma
mas, descuidada e afoita,
senti na carne o espinho...
Fui amante, fui donzela,
fui arrimo, fui douçura,
fui doutor, fui professor,
em reposta só amargura...
Vivi tantos amores
e senti muitos dissabores,
mas colhi duas lindas flores
meus dois grandes amores
que fizeram com que a vida
se tornasse menos amarga.
Plantei amor, plantei carinho,
honestidade e franquesa.
Chega a hora da colheita...
Novos amores, novas flores
dos espinhos só distância
pois já sei onde encontrar
quero agora desfrutar
a douçura do mel
e o divino aroma da flor."
  
Fátima Mello
fofinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget